Muito prazer, sou

Minha foto
Santos e Brasília, SP/DF
Farmacêutico, professor universitário e sindicalista. Além disso, tentando estar antenado com os assuntos do cotidiano....

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

O discurso do paraninfo de uma turma de farmácia...

Em 25 de janeiro deste ano vivi uma das grandes emoções de minha vida: ser paraninfo de uma turma de farmácia da Universidade Municipal de São Caetano do Sul - SP. Não poderia recusar um convite tão especial, principalmente pela forma como foi feito. Fazia tempo que não tinha contato com esses alunos e, mesmo assim, fui convidado para testemunhar esse momento especial. A surpresa é que seria o paraninfo que faria o discurso em nome de outros quatro, já que também se formariam turmas de Educação Física, Fisioterapia, Nutrição e Enfermagem.
Gostaria de compartilhar, neste humilde Blog, o discurso que fiz. Aproveito para, mais uma vez, agradecer aos meus queridos alun@s!


"É com grande honra e forte emoção que estou aqui hoje. Honra por ter sido escolhido paraninfo de uma turma muito querida e ainda por falar em nome dos demais paraninfos, aos quais peço licença para proferir algumas palavras. A responsabilidade de ser paraninfo, que segundo a literatura, significa ser testemunha ou padrinho de um ato solene como este não é pequena.
 A emoção está presente desde o convite recebido pelos meus ex-alunos, hoje colegas de profissão. Depois de anos sem nos encontrarmos, pelo fato de estar cedido por esta Universidade desde 2009 para atuar no Ministério da Saúde, suspendendo assim temporariamente minha atuação enquanto docente nesta universidade, recebo a mensagem de uma aluna. Ele me pedia um email de contato, pois precisava enviar uma mensagem. Num final de semana, em Brasília, recebo um vídeo feito pela turma. Este contava a história de um aluno que encontrava um antigo professor. No diálogo entre os dois, o aluno dizia que ele fora o que contou uma história que ele sempre se lembrava, que lhe havia ensinado valores humanos que ele nunca esquecera, e que demonstrara que o conhecimento valia a pena. O aluno finalizava o diálogo dizendo: “É professor, você faz a diferença”. Em seguida, o convite dizia que, apesar dos anos em que estávamos distantes, gostariam que eu apadrinhasse essa formatura. No final do vídeo estavam algumas fotos dos meus ex-alunos e uma mensagem: “A foto que está faltando é com você”. Bom, emocionado e honrado com o convite, o primeiro que recebi para ser paraninfo, estou aqui com vocês, como testemunha, como padrinho e principalmente, como amigo. Aos meus ex-alunos, muito obrigado.
Outro fato que ampliou minha honra e emoção foi quando soube que essa fala deveria ser voltada para representantes de outras profissões da saúde que hoje colam grau. Portanto, quero me dirigir, além das farmacêuticas e farmacêuticos aqui presentes, aos mais novos profissionais da enfermagem, nutrição, educação física e fisioterapia.
Para elaborar esse discurso, busquei responder a seguinte pergunta: o que une essas profissões além da área de atuação? Uma Resolução do Conselho Nacional de Saúde  define as 14 profissões da saúde. E as 5 aqui representadas fazem parte.  Seria só isso? Busquei algo mais.
Fui ler sobre os símbolos e datas desses profissionais. Descobri que a nutrição tem o dia 31 de agosto como seu dia, em homenagem a criação da Associação Brasileira dos Nutricionistas, ocorrida nesta data no ano de 1949. Os farmacêuticos também comemoram sua data em homenagem à criação de uma entidade: a Associação Brasileira de Farmacêuticos, ocorrida no dia 20 de janeiro de 1916. Descobri que a enfermagem tem como santo padroeiro São Camilo de Lellis. A farmácia, Santa Gemma Galgani. Percebi que a Educação física tem o verde como sua cor, assim como as demais profissões aqui presentes. A exceção está com a farmácia, cuja cor é o amarelo.
Bom, talvez não estivesse aqui a resposta de minha pergunta.
Parti para conhecer o juramento a ser feito por cada uma dessas profissões. Li atentamente cada um deles.
Profissionais da Enfermagem prometem guardar os segredos que lhes forem confiados. Os da Nutrição prometem atuar sem discriminação de qualquer natureza. Os da Educação Física juram atuar em prol da saúde e da educação. Os da Fisioterapia, defender a vida humana desde a concepção até a morte. E os profissionais farmacêuticos prometem atuar enquanto amigos leais, que mereçam a confiança das pessoas em seus momentos mais difíceis. Aqui estava a resposta. O que nos une é o ser humano, protegendo, promovendo e recuperando sua saúde. Sendo amigos, confidentes, sem descriminá-los e defendendo sua saúde.
Sabemos que a saúde aqui descrita não é apenas a ausência de doenças, mas um amplo e complexo conjunto de ações que garantam direitos fundamentais da população, como o emprego, a alimentação, a educação, o lazer, entre outros. Mesmo assim, vocês se dispuseram a isso.
Talvez a primeira saúde a ser cuidada aqui é a dos demais presentes: amigos, parentes, maridos, avós, sogras...sim, as sogras também . Não tenho dúvidas de que eles estão emocionados, ansiosos e tensos. Um filme lhes passa pela cabeça, boca seca e coração apertado. Boa parte destes que vieram também testemunhar essa data se emocionaram com os bons momentos vividos por vocês durante a sua jornada acadêmica, compartilharam a notícia de uma nota ruim, tiveram paciência com a sua “impaciência”, acordaram cedo e dormiram tarde em solidariedade às suas noites de estudo. Enfim, empreenderam todo os tipos de esforços para que chegassem até aqui. Recomendo: cuidem bem de todos eles.
Quero, por fim, parabenizar a cada um de vocês. Não tenham dúvidas de que o esforço valeu a pena, vocês mereceram.
Preciso dizer....a vida não será fácil, como não é para ninguém. Em algum momento sentirão que querem desistir. Não deixem de lutar pelos seus direitos, pelos seus salários e pela saúde universal, integral e humanizada.
Tudo parecerá difícil. Tudo o que desejam soará como uma utopia. Eduardo Galeano, um escritor uruguaio disse sobre Utopia:
"A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar".
E para o seu cotidiano desejo muito sucesso profissional, mas também quero que cada dia de sua vida seja especial. Desejo o que desejou o Poeta e Farmacêutico Carlos Drummond de Andrade, quando escreveu seu poema DESEJO
"Desejo a vocês...Fruto do mato 
Cheiro de jardim
Namoro no portão 
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor 
Sábado com seu amor 
Filme do Carlitos 
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga 
Viver sem inimigos 
Filme antigo na TV 
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você 
Música de Tom com letra de Chico  
Frango caipira em pensão do  Interior  
Ouvir uma palavra amável 
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar  
Noite de lua cheia  
Rever uma velha amizade  
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não  
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança  
Ouvir canto de passarinho.  
Sarar de resfriado  
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado 
Formar um par ideal 
Tomar banho de cachoeira 
Pegar um bronzeado legal 
Aprender um nova canção 
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada 
Pôr-do-Sol na roça 
Uma festa  
Um violão 
Uma seresta
Recordar um amor antigo 
Ter um ombro sempre amigo  
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena 
Calçar um velho chinelo 
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém 
Ouvir a chuva no telhado 
Vinho branco 
Bolero de Ravel
E muito carinho meu."

Parabéns meus queridos alunos e alunas...

4 comentários:

mayra diniz disse...

Marco Aurélio:
Parabéns pelo lindo discurso, você é para muitos alunos, e muitos profissionais, grande fonte de inspiração, te admiro muito.
Saudações farmacêuticas
Mayra Diniz

Erivanda Meireles disse...

Oi Marco, parabéns pela homenagem e pelo belo discurso também!
Na minha opinião você está colhendo o que plantou e merece muito mais!
O interessante é ver que o tempo passa, mas a tua sensibilidade não se perde...e isso contagia.
Tem um pensamento de Che Guevara que representa bem o quero dizer:
"Hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamas."
Um abraço.
Erivanda Meireles

Jan disse...

Realmente um discurso emocionante professor, não somente pelas belas palavras, mas pelo aval concedido por tão nobre colega de profissão, que nos acompanhou, orientou e nos viu passar de meros estudantes, a doutores farmacêuticos. Seu exemplo será seguido por muitos, e sua luta perpetuada.Parabéns grande mestre!

Jan disse...

Realmente um discurso emocionante professor, não somente pelas belas palavras, mas pelo aval concedido por tão nobre colega de profissão, que nos acompanhou, orientou e nos viu passar de meros estudantes, a doutores farmacêuticos. Seu exemplo será seguido por muitos, e sua luta perpetuada.Parabéns grande mestre!